Randolfe revela que Queiroga será indiciado ‘inevitavelmente’ pela CPI

Redação, com Bahia.ba

No entanto, o senador afirmou que esse não é o objetivo e que a Comissão busca evitar esse desfecho

Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O vice-presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), revelou que o Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, deve ser indiciado ‘inevitavelmente’ pela comissão.

“Inevitavelmente, como nós podemos proceder se o ministro não responde claramente sobre a vacinação dos brasileiros, se o ministro se rende ao negacionismo em relação ao tratamento precoce, se o ministro faz declarações relativizando o uso de máscaras? Inevitavelmente, ao final do relatório, ele virá a ser indiciado”, explicou em entrevista ao Jornal das Dez, da Globo News.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O senador ponderou, no entanto, que esse não é o objetivo e que a Comissão busca evitar esse desfecho.

“Nós queremos esgotar todos os caminhos para ao final não ter que indiciar o ministro.[…] não gostaria de ter o ministro Queiroga, ao final da Comissão Parlamentar de Inquérito indiciado. Não é de bom-tom, nós termos indiciado o ex-ministro Eduardo Pazuello e ter o atual ministro também indiciado”, disse Randolfe.