Governo inglês libera jogadores convocados pelo Brasil

Em setembro, nove atletas da Premier League foram impedidos de viajar, em imbróglio que terminou com clássico contra a Argentina

Foto: Lucas Figueiredo / CBF

O governo inglês anunciou na sexta-feira a liberação de oito jogadores convocados para a seleção brasileira masculina de futebol que vai disputar mais três jogos das eliminatórias da Copa. No mês passado, este mesmo grupo – mais o atacante Richarlison, atualmente machucado – foi chamado pelo técnico Tite, mas foram impedidos de viajar ao país pelas equipes da Premier League.

A isenção de quarentena admitida pelo governo da Inglaterra só se aplicará a atletas com esquema de vacinação completo. Após acordo com a federação local, os times ingleses liberaram no mês passado quatro jogadores da argentina. Estes mesmos atletas – Emiliano Martínez, Buendía, Cristian Romero e Giovani Lo Celso – foram acusados pela Anvisa de omitirem informações sanitárias, imbróglio que resultou na suspensão do clássico com apenas cinco minutos de bola rolando.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Há uma semana, Tite chamou 25 atletas para os confrontos contra a Venezuela – na próxima quinta-feira (7) -, Colômbia (dia 10) e Uruguai (14), entre eles oito de times ingleses: os goleiros Alisson (Liverpool) e Ederson (Manchester City); o lateral-direito Emerson (Tottenham); o zagueiro Thiago Silva (Chelsea); os meio-campistas Fabinho (Liverpool) e Fred (Manchester United); e os atacantes Raphinha (Leeds United) e Gabriel Jesus (Manchester City).

“Trabalhamos junto com as autoridades do futebol para chegar a uma saída que atendesse o interesse tanto dos clubes quanto do país, mantendo os mais altos níveis de segurança e saúde pública”, afirmou o governo inglês em um comunicado oficial divulgado nesta sexta-feira. Fonte: R7