Presidente da CNBB pede que brasileiro ‘não se deixe convencer por quem agride’ Legislativo e Judiciário

Via Metro1

Dom Walmor divulgou vídeo após discurso golpista de Bolsonaro às vésperas do 7 de Setembro

Foto: Divulgação CNBB

O presidente da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), dom Walmor Oliveira de Azevedo, divulgou​ um vídeo (confira ao final da matéria) nesta sexta-feira (3), às vésperas dos atos bolsonaristas de 7 de Setembro, no qual pede ao brasileiro que “não se deixe convencer por quem agride os Poderes Legislativo e Judiciário”.

“A participação cidadã na política, reivindicando direitos com liberdade, está diretamente relacionada com o fortalecimento das instituições que sustentam a democracia. Por isso, não se deixe convencer por quem agride os Poderes Legislativo e o Judiciário. A existência de três Poderes impede o totalitarismo, fortalecendo a liberdade de cada pessoa”, afirmou Azevedo, que também é o arcebispo de Belo Horizonte.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Ele também pediu para que os fiéis não aceitem “agressões às instituições que sustentam a democracia”.

Sem citar nomes, ele criticou àqueles que “dedicam-se a agressões, ofensas, chegando ao absurdo de defender o armamento da população”. Na última semana, o presidente Jair Bolsonaro ironizou quem se opõe à disseminação das armas e sugeriu que a população comprasse fuzis.

“Ora, quem se diz cristão ou cristã deve ser agente da paz, e a paz não se constrói com armas”, completou o bispo no vídeo.