Mais de 7 milhões de beneficiários ainda precisam fazer prova de vida

Redação

Suspenso durante as primeiras fases da pandemia, obrigatoriedade voltou a valer desde junho

Foto: Marcello Casal JrAgência Brasil

O INSS informou que mais de 7,3 milhões de beneficiários ainda não realizaram a prova de vida. A obrigatoriedade do procedimento foi suspensa entre março de 2020 e maio deste ano, em função das primeira e segunda ondas da pandemia de Covid-19.

Segundo o órgão federal, desde o ano passado, 28,7 milhões de pessoas de um total de 36 milhões já comprovaram que estão vivas. A comprovação é necessária para a continuidade do pagamento de aposentadoria, pensão ou auxílios

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Para realizar o procedimento, o beneficiário deve ir à agência bancária com documento com foto, comprovante de residência e cartão do banco no qual tem conta. Pode ser realizada também por biometria facial nos aplicativos “Meu INSS” e “Meu gov.br” para quem já foi cadastrado. Com informações do R7.