Grupo é preso suspeito de sequestrar empresário na Bahia

fonte G1

Quadrilha pediu à família da vítima a quantia de R$ 103 mil.

Foto: Haeckel Dias/Polícia Civil

Quatro pessoas foram presas na quarta-feira (18) suspeitas de envolvimento no sequestro de um empresário na Estrada Velha do Aeroporto, em Salvador. Mais envolvidos na prática são procurados, conforme informou a Polícia Civil nesta quinta-feira (19).

A polícia detalhou que o empresário foi sequestrado na terça-feira (17) e o grupo foi preso no dia seguinte, após investigação da Coordenação de Repressão a Extorsão Mediante Sequestro do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco). As diligências foram realizadas nos bairros da Itinga, Liberdade e Fazenda Grande.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

De acordo com a polícia, a quadrilha pediu à família da vítima a quantia de R$ 103 mil. Conforme explicou o coordenador de Repressão a Extorsão Mediante Sequestro do Draco, delegado Adailton de Souza Adam, dois suspeitos da ação foram presos em flagrante e a vítima foi liberada. O empresário foi salvo, mas não há detalhes do estado dele.

O delegado informou ainda que as contas bancárias em que os familiares depositaram o dinheiro solicitado pelos sequestradores foram bloqueadas. Em continuidade à ação, os policiais identificaram duas mulheres que estariam recebendo as transações bancárias, via PIX, feitas pelos familiares. Um dos presos tinha mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas e roubo.

Ainda segundo o coordenador de Repressão a Extorsão Mediante Sequestro, é preciso que as pessoas procurem a polícia para denunciar o crime, pois a polícia garante sigilo e utiliza tudo que o estado disponibiliza para uma investigação célere e com resultado positivo.

Participou também das negociações a Coordenação de Operações Especiais (COE).