Furto de energia que daria para abastecer 950 casas é achado em fábrica na Bahia

Redação

Caso ocorreu no município de Acajutiba, a 186 km de Salvador.

Foto: ilustrativa/Pexels

Uma empresa produtora de água de coco foi autuada por furto de energia, prática conhecida como gato, após o crime ser descoberto na segunda-feira (23/8) durante uma operação da Polícia Civil no município de Acajutiba, a 186 km de Salvador.

A fraude realizava um desvio da rede elétrica e fornecia de forma irregular a energia para a fábrica, que não teve o nome revelado. Foram recuperados 108 mil quilowatts-hora, energia que seria suficiente para abastecer, durante uma semana, 950 residências por um mês, segundo a Companhia de Eletricidade da Bahia (Coelba).

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Técnicos do Departamento de Polícia Técnica (DPT) descobriram, depois que o alvo foi mapeado através de análises com softwares da Coelba, que foram retirados dois metros de cabos para o desvio da energia.

O valor da energia furtada foi negociado e o fornecimento de energia acabou regularizado. A quantia recuperada implicará em arrecadação de impostos Estaduais e Federais que são revertidos para a sociedade.

A Coelba reforça ainda que os “gatos” representam riscos para a segurança de quem os realiza e da população. Além disso, o crime, previsto no artigo 155 do Código Penal Brasileiro, com pena de até oito anos de reclusão, afeta o fornecimento de energia em toda uma região e pode até causar graves problemas para a rede elétrica.

A recomendação é denunciar anonimamente a através do telefone 116 ou pelo site da Coelba, na parte de Serviços, na aba Denúncia de Irregularidade.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Fonte Aratu On