Criança que ficou ferida após explosão causada por vazamento em botijão de gás morre no HGE

fonte G1

Ela estava internada há 20 dias na capital baiana.

Morreu nesta segunda-feira (6) a menina de 8 anos que ficou ferida após uma explosão causada por vazamento em botijão de gás, na cidade de Teixeira de Freitas, no sul da Bahia. Evelin Cristina, que teve queimaduras de 3° grau por todo corpo, estava internada há 20 dias no Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador.

O caso aconteceu no dia 13 de agosto, no Residencial Padre José I. Vizinhos de Evelin Cristina contaram que ao ouvirem uma explosão no local, entraram na casa e retiraram a menina e os dois irmãos dela, que têm 2 e 6 anos.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi até o local, fez o atendimento e levou as crianças para a Unidade Municipal Materno Infantil. No local, Evelin, a única que ficou ferida, recebeu medicações para aliviar as dores e teve um pedido de transferência para Salvador solicitado.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

No dia 16 de agosto, Evelin Cristina foi transferida em uma aeronave para a capital baiana.

No dia que aconteceu o acidente, a mãe das crianças, muito abalada, preferiu não dar entrevistas para a equipe da TV Santa Cruz, afiliada da TV Bahia, mas contou que precisou deixar as crianças em casa porque tinha uma consulta médica marcada para o início da manhã.

A mulher também contou que acreditava que chegaria em casa antes mesmo das crianças acordarem. Revelou também que não sabia que o botijão de gás estava vazando.

A mãe das crianças ainda disse que a filha, no hospital, contou que ouviu um barulho e pensou que era ela que estava na cozinha da casa. A menina disse que a explosão aconteceu quando ela acendeu a lâmpada do quarto.