Após redução de internações por Covid, Sesab orienta retomada de cirurgias eletivas na Bahia

Redação, com informações do Metro1

Acompanhantes e visitantes serão permitidos, seguindo regras recomendadas pela secretaria

Foto: Divulgação

A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), por meio do Centro de Operações de Emergências em Saúde (COE), comunicou que está recomendando o retorno gradativo das cirurgias eletivas na Bahia. Segundo a pasta, a orientação tem relação com a queda de casos e internações pela Covid-19.

As cirurgias eletivas são aquelas programadas pelo médico, que não são consideradas de urgência. Conforme a recomendação da Sesab, devem ser realizados os procedimentos ambulatoriais (pequenas cirurgias, sob anestesia local), as cirurgias com anestesia locorregional (raqui e peridural) e 100% da capacidade operacional mensal de cirurgias eletivas da unidade com indicação de anestesia geral, sendo o ano de 2019 referência para compor a taxa.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Durante o internamento para os procedimentos, a Sesab/COE permite acompanhantes nas enfermarias ou quartos conjuntos.para os pacientes que necessitem de cuidados. No caso de pacientes com mais de 60 anos, com necessidades especiais, menores de 18 anos e em cuidados paliativos, é autorizada a permanência de um acompanhante, com troca a cada 12 horas.

Além disso, visitas também poderão ser feitas para pacientes internados sem diagnóstico de Covid-19, incluindo pacientes em unidades fechadas, como UTIs, semi-intensivas e salas de estabilização, entre outras, ou pacientes internados em quartos individuais. São permitidos dois visitantes por paciente, pelo período máximo de uma hora, com alternância de horários de visitas por leitos, a fim de evitar aglomerações.