Ex-prefeito de Maraú morre após sofrer infarto

A prefeitura da cidade decretou luto oficial de três dias.

Foto: reprodução/TV Bahia

O ex-prefeito de Maraú, no sul do estado, morreu após sofrer um infarto na noite de terça-feira (20). Após a morte, a prefeitura da cidade decretou luto oficial de três dias no município.

Manoel Nery Damasceno tinha 88 anos, era natural de Maraú e conhecido como ‘Manduca’. Ele foi prefeito do município de 1997 até 2000. Também foi funcionário da Petrobrás por trinta anos.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O ex-prefeito deixou mulher, três filhos e oito netos. A prefeitura de Maraú emitiu nota de pesar e o prefeito da cidade, Manassés Santos Souza, também lamentou a morte por meio de rede social.

O enterro foi nesta quarta (21), na região de Maraú e contou com a presença de familiares e amigos.

Fonte G1