Três são presos na Bahia em operação de combate à pornografia infantil; um foi detido em Alagoinhas

fonte Aratu On

De acordo com a Polícia Civil, as prisões em flagrante ocorreram em Salvador, no bairro do Bonfim e no interior do estado.

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Três homens, que não tiveram a identidade revelada por conta da Lei de Abuso de Autoridade, foram presos na manhã desta quarta-feira (9/6) durante operação nacional de combate à pedofilia intitulada “Luz na Infância 8”. De acordo com a Polícia Civil, as prisões em flagrante ocorreram em Salvador, no bairro do Bonfim e no interior do estado.

Equipes da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Criança e o Adolescente (Dercca), além de policiais das Coordenadorias Regionais de Polícia do Interior de Alagoinhas e Santo Antônio de Jesus, 2ª e 4ª Coorpins, respectivamente, foram os responsáveis pela realização da operação, articulada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) por meio da Secretaria de Operações Integradas (Seopi). A ação também foi deflagrada em mais cinco países: Argentina, Estados Unidos, Paraguai, Panamá e Equador.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Segundo informações da Polícia Civil, durante as buscas, foram apreendidas dezenas de equipamentos de informática e arquivamento de dados como notebooks, CPUs, HDs, pendrives e celulares. Os materiais devem ser encaminhados ao Departamento de Polícia Técnica (DPT).

A titular da Dercca, delegada Simone Moutinho, explicou que todos os equipamentos apreendidos serão periciados. “Todo material que possa ter sido utilizado para acesso e armazenamento de conteúdo relacionado com pornografia infantil deve ser analisado”, explicou Moutinho. Um suspeito, de 60 anos, teve a prisão em flagrante lavrada na especializada.

No interior do estado, os presos foram apresentados na sede das Coordenadorias. Um homem, de 32 anos, que já trabalhou com manutenção de computadores, foi flagrado em Santo Antônio de Jesus. O coordenador da 4ª Coorpin, delegado Joaquim Souza, relatou que o suspeito havia realizado downloads com material pornográfico, recentemente.

Em Alagoinhas, um técnico de informática de 43 anos, também foi encaminhado à unidade policial, depois que as equipes localizaram vídeos com conteúdo criminoso em aparelhos que estavam no endereço dele. De acordo com o delegado Fábio Silva, que coordena a 2ª Coorpin, os policiais realizaram uma busca minuciosa nos equipamentos.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Os três suspeitos foram autuados com base no artigo 241-B, do Estatuto da Criança e do Adolescente, que fala sobre adquirir ou armazenar, por meio de fotografia, vídeo ou outra forma de registro cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente. Eles serão apresentados na audiência de custódia, da Justiça.