De criticado a herói, Fábio Lima busca fazer história diferente com o Carcará na final

fonte Bahia Notícias

A experiência e o bom momento de Fábio Lima são trunfos para o Atlético na decisão contra o Bahia de Feira.

Foto: reprodução/Bahia Notícias

Nascido em Aramari, município vizinho de Alagoinhas, o goleiro Fábio Lima começou a sua história no futebol dentro do Atlético em 2004. Logo depois, o arqueiro rodou por diversos clubes até retornar para casa em 2020. Com mais experiência, ele passou por um momento de ápice ao ajudar o Carcará a ser finalista do Baiano. Por pouco, ele não celebrou o título, já que o Bahia acabou levando a melhor nos pênaltis dentro do estádio de Pituaçu.

No futebol, nada como um dia após o outro. Após ser muito criticado no início do Campeonato Baiano de 2021, os deuses da bola deram a Fábio Lima a oportunidade de mostrar valor. Na disputa de pênaltis contra a Juazeirense, pela semifinal, três pênaltis defendidos e o êxtase de uma classificação emocionante. Ali, Fábio deu um recado claro de que pensa em escrever uma história diferente e dar um título ao Carcará.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

“A gente vinha sendo criticado no decorrer do campeonato. Alguns torcedores falando besteira, mas nunca respondi nada. Os jogadores me apoiaram no momento difícil, a gente não tinha campo para treinar, treinando em campo sintético com sete de linha. Graças a Deus conseguimos superar e ajudar a equipe do Atlético”, disse, em entrevista emocionada à TV Bahia.

A experiência e o bom momento de Fábio Lima são trunfos para o Atlético na decisão contra o Bahia de Feira. Foi o que garantiu o técnico Sérgio Araújo na última sexta-feira (14), em entrevista exclusiva ao BN na Bola, da Rádio Salvador FM 92,3.

“A gente sabe que Fábio é filho da casa. Ele começou aqui e tem uma identidade muito forte. Ele tem uma experiência boa, foi titular no Fortaleza e traz uma bagagem importante em um momento desse. Sofreu um pouco porque a torcida pegou muito no pé dele, mas ele conseguiu dar a volta por cima. É um jogador importantíssimo nesse contexto. Se ele não estivesse contra a Juazeirense, teríamos muitas dificuldades”, afirmou.

Atlético de Alagoinhas e Bahia de Feira se enfrentam na primeira partida da final do Campeonato Baiano na tarde deste domingo (16), às 16h, no estádio Antônio Carneiro, em Alagoinhas. A decisão será no próximo domingo (23), também às 16h, na Arena Cajueiro, em Feira de Santana.