Após oito anos, SBT perde processo e paga mais de R$ 27 mil ao Vitória

Do Metro1

O caso foi julgado em junho de 2019 e esquecido até o mês de abril deste ano, quando o Vitória entrou com um pedido de execução de pena na Justiça

Crédito: reprodução/Metro1

Após oito anos de julgamento, o Vitória-BA recebeu R$ 27,9 mil de indenização do SBT. O processo, julgado pela Justiça da Bahia desde 2013, foi iniciado após a emissora ter usado uma montagem do escudo do time editado com a palavra “vice” e ter chamado o clube de “vice-campeão” durante o reality show “Menino de Ouro”, produzido em 2013 e exibido nas manhãs de domingo.

Segundo o UOL, o Vitória alegou que o programa, em um trecho, disse que o clube é um “eterno vice” do Bahia. O clube então moveu um processo em junho de 2013 pedindo indenização por dano moral e material à imagem do time. O SBT alegou que não cabia o fato, porque tratou-se de um erro da produção em boa-fé.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O caso foi julgado em junho de 2019 e esquecido até o mês de abril deste ano, quando o Vitória entrou com um pedido de execução de pena na Justiça.