Banner Prefeitura

Mulher de 51 anos morre após ser baleada em Alagoinhas

Reportagem do Luciano Reis Notícias

Crime ocorreu na noite de segunda-feira (22), na Baixa da Candeia

Vítima foi socorrida para o Hospital Dantas Bião, mas não resistiu – Foto: arquivo/Alta Pressão Online

Uma mulher foi morta a tiros na noite de segunda-feira (22), no bairro Mangalô no município de Alagoinhas. O crime aconteceu na Baixa da Candeia, próximo a uma padaria, por volta das 21h31.

De acordo com o boletim de ocorrência da polícia, que o Luciano Reis Notícias teve acesso, a vítima, Vanuza Silva Soares, de 51 anos, foi morta a tiros, e o principal suspeito é o genro dela. Ele está sendo procurado pela polícia, mas ainda não foi localizado.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Após ser atingida por cerca de seis disparos, a mulher foi socorrida por populares para o Hospital Regional Dantas Bião (HRDB/Alagoinhas), mas não resistiu aos ferimentos. Durante buscas aos suspeitos, policiais militares do 4º Batalhão de Polícia Militar (BPM/Alagoinhas), prenderam um segundo acusado de participar do crime, na madrugada desta terça-feira (23), por volta de 1h.

Segundo a PM, ele teria sido visto no local no momento dos tiros, com o genro da vítima. Morador na Baixa da Candeia, o suspeito foi levado e apresentado na Delegacia Territorial (DT) de Alagoinhas, onde se encontra à disposição da justiça.

A Polícia Militar informou, que na residência do genro da vítima que segue foragido, foram encontrados dois tabletes pequenos de maconha, uma balança de precisão, sacos para acondicionar entorpecentes, duas munições de uma arma de fogo calibre 40 e um canivete.

O caso está sendo esclarecido pela Polícia Civil.