Ônibus cai de viaduto na BR-381, em Minas Gerais; segundo bombeiros, há 16 mortos

Redação, com informações do G1 e Agência Brasil

Foto: Redes sociais

Um ônibus de viagem caiu de um viaduto no km 350 da BR-381, conhecido como “Ponte Torta”, em João Monlevade, perto da entrada para Dom Silvério, em Minas Gerais. Segundo informações da PRF, o acidente ocorreu por volta das 13h30.

De acordo com o G1, às 19h15, a informação dos bombeiros era de 16 mortes – 12 no local e quatro a caminho do hospital.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

As vítimas foram socorridas e levadas para o Hospital Margarida, em João Monlevade. Segundo os bombeiros, até as 19h, outras 27 pessoas feridas foram resgatadas, sendo três em estado grave.

Ainda de acordo com o G1, o ônibus, que saiu de um povoado na zona rural de Mata Grande (AL) na manhã de quinta-feira (3) e ia para São Paulo (SP), pertence a uma empresa chamada Localima Turismo.

Causa do acidente

Segundo o porta-voz do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, tenente Pedro Aihara, as causas do acidente ainda serão investigadas. Testemunhas apontam duas versões para a queda do ônibus, com placa de Alagoas, de uma ponte de 15 metros de altura. A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) também esteve no local para fazer os primeiros levantamentos da perícia.

“Ainda não se sabe exatamente a causa desse acidente. Há duas versões principais relatadas pelas testemunhas. Algumas relataram que, no momento em que esse ônibus se encontrava subindo um trecho de aclive, teria perdido o tracionamento, bateu na estrutura de proteção lateral da ponte e acabou caindo de uma altura de 15 metros.” De acordo com Aihara, a outra versão diz que, antes de ocorrer a tração, o ônibus teria colidido com veículos que estavam retidos, incluindo um caminhão.

Apoio

Pouco depois do acidente, no Twitter, o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, se disse “estarrecido” e afirmou que “equipes dos bombeiros, policiais, ambulâncias e helicóptero estavam no local para atendimento aos feridos, apoio às famílias e apuração dos fatos”.

“Estarrecido. Toda a minha solidariedade aos familiares e amigos das vítimas do grave acidente que ocorreu nesta tarde, em João Monlevade, região central. Até o momento, 10 mortos foram confirmados nesta triste tragédia”, disse Zema.

Foto: Redes sociais