Rui critica declaração de Bolsonaro sobre vacina: “É uma tristeza, é uma vergonha”

Redação, com informações do A Tarde

Foto: Paula Fróes/GOVBA

Em coletiva de imprensa na manhã desta terça-feira, o governador Rui Costa (PT) repercutiu a declaração do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) a respeito da vacina contra a covid-19. Para Bolsonaro, a vacina não será obrigatória.

“É uma tristeza, é uma vergonha para o país onde um mundo há séculos cuida para diminuir o número de mortes da humanidade fazendo campanhas para vacinação, e o presidente ir a público desestimular, colocar em dúvida a política de vacinação”, disse o governador.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Rui avaliou a declaração do presidente como um retrocesso à política de vacina do país: “O brasil se tornou por vários governos um dos principais países com política exitosa e conseguiu superar doenças crônicas como a paralisia infantil, rapidamente. […] Hoje, o Presidente da República faz desdém, mente, coloca dúvida na cabeça da população, é muito ruim isso. Não tenho dúvida, na hora que tiver vacina, o povo vai se vacinar e não vai se contagiar pelo o vírus da ignorância do presidente.”.