topbannerapo

Morre Jaime Sodré, professor e escritor, aos 73 anos

Com informações do Aratu On

Foto: Reprodução/TV Bahia

O professor e escritor baiano Jaime Sodré morreu nesta quinta-feira (6/8) aos 73 anos em Salvador. A informação foi confirmada ao Aratu On por familiares. Ainda não há detalhes sobre o que causou a morte de Sodré, nem onde o corpo dele será sepultado.

Militante e referência para a cultura afro, Jaime recebeu homenagens de amigos, alunos e simpatizantes do seu trabalho nas redes sociais assim que sua morte foi confirmada.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

“Acabo de receber a noticia da morte do professor e historiador, Jaime Sodré, meu amigo e ex-vizinho. Mais uma terrível perda para a luta contra a intolerância, contra o racismo e ppr uma sociedade de igualdade. Salvador e a Bahia choram a perda desse valoroso e querido filho. Momento de muita dor. Meus sentimentos profundos . Minha solidariedade aos familiares e amigos. Que ano difícil!”, escreveu a deputada estadual Olívia Santana.

O professor morre três dias depois de outra referência para a educação na Bahia, Jorge Portugal. O ex-secretário de Cultura da Bahia, também por um problema cardíaco, não resistiu na última segunda-feira (3/8).

HISTÓRIA

Jaime Santana Sodré Pereira nasceu em Salvador, em 19 de fevereiro de 1947, e vivia no bairro Santo Antônio. Foi diplomado pela Escola de Belas Artes da UFBA, onde concluiu o curso de Licenciatura em Desenho, no ano de 1975.

Concluiu Mestrado em Teoria e História da Arte, com trabalho sobre a influência da religião afro-brasileira na obra escultórica de Mestre Didi.

Ele dava aulas na Universidade do Estado da Bahia (Uneb), nas disciplinas ligadas às áreas de desenho, produção gráfica e design. O educador, escritor e designer conquistou diversos prêmios nos campos das Artes Plásticas e da Música. Fez parte, ainda, do Conselho Consultivo do Olodum gestão.

X