Medeiros

Rui diz que não foi convidado para evento com Bolsonaro e vê desrespeito do presidente

Bahia.ba

Reprodução / Varela Notícias
O governador Rui Costa (PT) afirmou que não foi convidado pelo cerimonial de Jair Bolsonaro (sem partido) para participar de uma agenda que o presidente cumpriu na Bahia na manhã desta quinta-feira (30). Apesar de ver um “retrocesso” na postura de Bolsonaro, o chefe do Executivo baiano diz que não tem qualquer objeção a uma eventual abertura de diálogo.

“Todas as vezes que eu fui convidado a participar de uma reunião, eu fui e irei. Ao contrário, nós pedimos alguma reuniões com governadores do Nordeste, e não fomos atendidos. Por exemplo, o presidente está vindo hoje pra Bahia e [nem] sequer comunicou ao governo do Estado que estava vindo. Se eu não estou presente, não foi por falta de vontade. Foi porque simplesmente eles não convidaram. Esse é o padrão”, declarou o governador em entrevista concedida pela manhã à Rádio Gaúcha.

Para Rui Costa, Bolsonaro age com desrespeito. “Quem imaginaria que o presidente da República começaria a ir nos estados e nos municípios e não avisar ao prefeito, não avisar ao governador? Isso é um retrocesso absoluto. O país é uma República. Eu vou no município, em todos os atos que eu vou, o prefeito pode ser de oposição, pode ser do DEM, do PMDB, do PSDB, de qualquer partido, o prefeito é convidado. Entra no carro comigo, fala no ato que eu vou falar. Por quê? Porque eu respeito. O prefeito foi eleito democraticamente. Independente de ele ser eu aliado ou meu adversário, eu tenho que respeitar a decisão daquela população”, acrescentou o governador.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Bolsonaro esteve em solo baiano para inaugurar a segunda etapa do Sistema Integrado de Abastecimento de Água do município de Campo Alegre de Lourdes, no norte do estado.

Ele chegou ao local do evento por volta das 10h50. O presidente usava máscara de proteção contra a Covid-19, mas retirou a proteção antes mesmo de iniciar o seu discurso.