Novo Topo AD

Sob impulso do ecommerce, demanda dos Correios cresce 25% na pandemia

Bahia.ba

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
Sob impulso do ecommerce, que cresceu durante a pandemia da Covid-19, a demanda dos Correios foi elevada em 25% em junho deste ano, comparado a igual período de 2019.

Mesmo com o afastamento de profissionais, a estatal manteve o funcionamento das agências e diz que a eficácia das entregas no país está superior a 90%. O serviço foi um dos serviços considerados essenciais na crise provocada pelo coronavírus.

Segundo dados da empresa de inteligência de mercado Neotrust/Compre&Confie, o comércio digital ganhou 5,7 milhões de novos consumidores no segundo trimestre. O período foi o mais crítico ao varejo já que as lojas fecharam as portas para atender orientações municipais e manter o distanciamento social.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Para suprir a nova a demanda, os Correios contrataram mão de obra terceirizada, que também foi autorizada a realizar horas extras e mutirões de fim de semana. Com informações da Folha de S.Paulo.