Novo Topo AD

Sesab não recomenda uso de cloroquina para tratar ou prevenir coronavírus

Com informações do Bahia.ba

A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) recomendou que a hidroxicloroquina e a cloroquina não sejam adotadas no tratamento ou prevenção do novo coronavírus.

A nova orientação, emitida nesta quarta-feira (22), se embasa nas manifestações da Organização Panamericana de Saúde (OPAS), da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

De acordo com as entidades, há relatos de efeitos adversos potencialmente graves em pacientes com Covid-19 que usaram cloroquina ou hidroxicloroquina, associadas ou não à azitromicina. O Centro de Operações de Emergências da Saúde (COE) do estado menciona o uso dessas substâncias apenas em ambiente controlado, por exemplo, em estudos clínicos.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

As orientações do COE alcançam também gestores públicos.

“Que não estabeleçam protocolos com uso dessas medicações, que não gastem recursos públicos com uso dessas medicações que não têm eficácia comprovada, porque poderão ser objeto de posterior ação dos órgãos de controle por estarem realocando recursos de outras áreas que poderão fazer falta dentro do combate ao coronavírus, aplicando em terapêuticas sem nenhuma eficácia comprovada”, afirmou o secretário Fábio Vilas-Boas.

As orientações são válidas também para a ivermectina e azitromicina.