Novo Topo AD

‘Estou tranquila’, diz Damares sobre notícia-crime encaminhada à PGR

Bahia.ba

Foto: Reprodução

A titular do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, disse estar tranquila com a notícia-crime encaminhada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) à Procuradoria-Geral da República (PGR). Petição se refere à declaração da ministra na reunião ministerial de 22 de abril, na qual afirmou que pediria prisão de prefeitos e governadores que tomassem medidas drásticas no combate ao novo coronavírus.

“A ministra Cármen Lúcia [relatora da proposição] está cumprindo o papel dela. É praxe encaminhar a denúncia à PGR quando se trata de ministros. Se a PGR entender que cometi crime, vou responder uma ação. E, se condenada, vou cumprir minha pena. Mas garanto a todos que estou tranquila. Tenho certeza que não cometi crime algum”, escreveu Damares em seu perfil no Facebook.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Na publicação, a ministra afirmou que “explicou com veemência” que pediria providências e punição a quem violasse direitos, mas nem toda punição implica prisão. Damares acrescentou que não é ela quem prende, mas apenas pede providências.

“É bom lembrar que corrupção também é violação de direitos humanos. E todas as vezes que falo de violação de direitos humanos também e refiro à corrupção”, afirmou.