Zuckerberg perde R$ 39 bilhões com Coca-Cola e Unilever fora do Facebook

Metro1

Foto: Reprodução

Após uma série de empresas como a Unilever e a Coca-Cola afirmarem que vão suspender seus anúncios nas redes sociais, as ações do Facebook tiveram uma queda de 8,3% na última sexta (26), o que representa uma perda de US$ 56 bilhões (R$ 306,8 bilhões) do valor de mercado da empresa.

Segundo a agência Bloomberg, com essa desvalorização, o presidente da companhia, Mark Zuckerberg, viu sua riqueza pessoal cair US$ 7,2 bilhões (R$ 39,4 bilhões).

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O boicote das marcas é um marco importante na escalada de esforços dos anunciantes para que as companhias tecnológicas façam mais esforços para impedir o discurso de ódio nas redes.

No caso da Unilever, a suspensão, que deve valer até o fim do ano, também afeta o Instagram. A Coca-Cola foi além e decidiu suspender os gastos com publicidade em todas as plataformas de redes sociais por pelo menos 30 dias, incluindo Facebook, Instagram, Twitter, YouTube e Snap.