Medeiros

Prefeitura de Feira de Santana prorroga decreto que autoriza reabertura gradual do comércio

Redação, com Aratu On

Crédito da Foto: divulgação

A Prefeitura de Feira de Santana prorrogou até a próxima segunda-feira (29/6) o decreto que autoriza a reabertura de parte do comércio de rua. O funcionamento acontece de forma escalonada e com medidas rigorosas de segurança e higienização para impedir o avanço do coronavírus.

“Tivemos uma retomada consciente do nosso comércio, com fiscalização rigorosa dos decretos, cuidado e obedecendo os limites que são determinados pela ciência. Todas nossas decisões são baseadas na ciência, em dados, em critérios técnicos. Se for necessário, estamos dispostos a tomar medidas restritivas. Inclusive, recuando nessa proposta de escalonamento das atividades econômicas”, declarou o prefeito Colbert Martins (MDB), em entrevista na manhã desta segunda-feira (22/6).

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Pelo texto, os estabelecimentos com até 200 m² poderão abrir entre às 9h e 16h, mas em dias específicos a depender do setor. Nas segundas, quartas e sextas-feiras, estão autorizadas a funcionar, por exemplo: óticas, locadoras, concessionárias, lojas de conveniência, floristas e outros. Nas terças, quintas e sábados, funcionam lojas de material de construção, barbearias, salões de beleza e outros.

Aos domingos, haverá a suspensão de todas as atividades, com exceção de serviços essenciais, como os de farmácias e supermercados, que não tem restrição para o funcionamento. No caso dos shoppings, poderão abrir de segunda a sexta até o dia 29 de junho, mas entre 12h e 19h. Permanecerão fechadas, entretanto, as praças de alimentação. O Centro de Abastecimento ficará aberto entre 4h e 14h, já as galerias, MAP e Galpão Arte das 9h às 16h.

O decreto que mantém o fechamento dos bares e restaurantes fica prorrogado até o dia 29 de junho. O não cumprimento das medidas estabelecidas será caracterizado como violação à legislação municipal e poderá resultar em penalizações, que vão desde multas até a cassação de licença de funcionamento.