Medeiros

Wassef diz que nunca falou com Queiroz e que é vítima de ‘armação para incriminar Bolsonaro’

fonte: Jovem Pan

Imagem: Reprodução/TV Globo

O advogado Frederick Wassef, dono do escritório de Atibaia em que foi preso Fabrício Queiroz na última quinta-feira (18), se pronunciou pela primeira vez em entrevista à Folha de S. Paulo neste sábado (20). De acordo com o jornal, Wassef se disse vítima de armação que busca incriminar o presidente Jair Bolsonaro.

Segundo Wassef, ele nunca abrigou o ex-assessor de Flávio Bolsonaro – o advogado representa Flávio e mais membros da família Bolsonaro. “Nunca telefonei para Queiroz, nunca troquei mensagem com Queiroz nem com ninguém de sua família. Isso é uma armação para incriminar o presidente.”

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O advogado foi categórico ao afirmar, diferentemente do que foi veiculado nos últimos dias, que Queiroz passou cerca de um ano em seu escritório. “Nunca escondi ninguém.Estão me atribuindo coisas que não fiz. O escritório estava vazio. Os móveis estavam do lado de fora da casa. Tudo estava fora do lugar.”