Medeiros

Secretaria de Saúde da BA diz que deputado invadiu hospital com pacientes infectados com a Covid-19

Com informações da Istoé

Crédito: reprodução / Twitter

Uma nota da secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) denunciou o deputado estadual Capitão Alden (PSL-BA) por invadir o hospital Riverside nesta quarta-feira (17). Acompanhado de seguranças, o parlamentar entrou sem autorização na unidade de saúde de Lauro de Freitas, na Bahia.

O deputado alega que teve autorização para entrar no hospital que trata infectados pela Covid-19. Segundo a Sesab, o deputado demonstrava estar armado e ameaçava, a todo momento, os profissionais da unidade, afirmando que daria voz de prisão, conforme apuração do G1.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Ainda segundo a secretaria, um dos seguranças do deputado teria tido contato com uma paciente, a qual tomava banho no leito e, por conta disso, estava com as partes íntimas expostas.

“É lamentável que o deputado e os seus seguranças coloquem em risco a própria saúde, sob risco de serem infectados com a Covid-19, bem como a de pacientes e profissionais”, relata nota.

Ao G1, Capitão Alden disse que desde maio enviou ofícios ao secretário de Saúde da Bahia solicitando visita a alguns hospitais de campanha para apurar denúncias que ele recebeu sobre falta de equipamentos de materiais de trabalho dos profissionais de saúde.

Em nota, a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia contradiz a afirmação e diz que respondeu à assessoria do parlamentar que as visitas não seriam permitidas. “Não permitimos visitas às unidades Covid-19, nem de familiares”, diz a nota da Sesab.

Em resposta, o deputado disse que a Sesab tem colocado empecilhos para as visitas, que segundo ele, são alvos de denúncias por irregularidades.