Medeiros

Em live, prefeito de Alagoinhas apresenta retrospectiva de ações contra o coronavírus

Imagem: reprodução/Secom-PMA

Em live transmitida pelo Instagram da Prefeitura, na noite desta terça-feira (16), o prefeito Joaquim Neto apresentou dados sobre a situação epidemiológica da Covid-19, fez uma retrospectiva das ações executadas desde fevereiro, quando foi iniciado o planejamento de enfrentando à pandemia na cidade, e explicou sobre o novo Decreto Municipal, que prorroga as medidas temporárias para o funcionamento do comércio em Alagoinhas.

De acordo com o boletim epidemiológico atualizado nesta terça (16), mais 48 pacientes evoluíram para a alta. Hoje, são mais de 70% recuperados e 63 ativos, ou seja, que podem transmitir a doença, do total de 255 que foram contaminados no município.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

“Todas as ações são tomadas com embasamento científico, seguindo as normas preconizadas pela OMS. Depois de 90 dias do início das medidas de restrição e do uso de equipamentos de proteção individual, Alagoinhas apresenta uma taxa de crescimento de transmissão considerada sob controle, principalmente se comparada a municípios do estado com mesmo porte ou menor. A cidade se beneficiou com as medidas de isolamento, mas sabemos que este é o quadro atual, e que as projeções indicam crescimento de casos pelo menos até setembro, que é quando esperamos um achatamento da curva, até porque, mesmo com o aumento do número de testes, o grau de subnotificação ainda é alto”, avaliou o prefeito.

“Somente a testagem vai delimitar qual o grau de transmissão na cidade e esse é um dos investimentos que a Prefeitura está fazendo. Estamos adquirindo mais dois mil testes para aplicar no enfrentamento do vírus”, continuou o gestor.

Medidas

O prefeito falou sobre os primeiros decretos que suspenderam aulas, atividades, fechamento do comércio e que posteriormente estabeleceram horário reduzido, uso obrigatório de máscara para acesso e e regras sanitárias nos estabelecimentos.

Ele destacou medidas importantes para o enfrentamento como o toque de recolher, higienização especial em locais públicos, disponibilização de três unidades de saúde sentinelas, demarcação de filas nas agências bancárias, além da criação de comitês para organizar as ações e do Portal da Transparência da COVID-19, para que a população acompanhe de perto a aplicação de recursos no combate à COVID-19.

“Os profissionais de saúde passam por treinamento contínuo, a Vigilância Epidemiológica segue 100% mobilizada, assim como a UPA Santa Terezinha foi preparada para ser referência no atendimento a pacientes com a doença”, pontuou.

Joaquim Neto lembrou também as ações voltadas para garantir proteção às famílias em situação de extrema vulnerabilidade social e auxiliar os trabalhadores afetados pela crise gerada pela pandemia do coronavírus, como a ampliação do benefício eventual da cesta básica para beneficiar motoristas de transporte alternativo, de transporte escolar, motoristas de aplicativos e taxistas, músicos e mototaxistas, a distribuição de cestas básicas aos cerca de 13 mil alunos da rede municipal, além da mobilização que arrecadou quase 19 toneladas de doações no Drive Thru Solidário.

“Entre as ações junto aos grupos de pessoas mais vulneráveis, os idosos da Instituição de Longa Permanência onde foram registrados casos confirmados da COVID-19, mas que não testaram positivos, foram remanejados para uma Unidade de Reintegração, até que o local definitivo para o isolamento da população idosa seja estruturado.Até o final de junho, também serão criados 4 abrigos provisórios, três para receber os moradores de rua e um exclusivo para as pessoas que testaram positivo para coronavírus”, informou o prefeito.

Na transmissão, o prefeito também alertou sobre as consequências da falta conscientização da população sobre o coronavírus. “O ficar em casa é muito importante, e se não tivermos consciência, podemos agravar a situação. Decretos foram editados com o objetivo de resguardar a saúde dos moradores, mas empresários e população precisam cumprir com as recomendações, principalmente sobre a orientação de não gerar aglomerações porque, assim, logo venceremos esta guerra e será possível começar a abrir atividades na cidade”, reforçou.

Novo Decreto

Pelo novo decreto, que tem validade até 22 de junho, o comércio em geral com até 200m² de área de circulação (atendimento) poderá funcionar, apenas de segunda feira a sábado até às 14h e os serviços de delivery em geral poderão funcionar em quaisquer dias da semana, sem restrição de horário.

Restaurantes, Bares e Lanchonetes continuarão com os salões fechados, podendo realizar atendimento no sistema “pegue e leve” e drive-thru, de segunda a domingo até às 19h.

Postos de combustíveis, comércio de peças para veículos, oficinas mecânicas, borracharias, restaurantes e lanchonetes localizados nas margens da BR – 101 e da BR – 110 poderão funcionar sem restrição de dia e horário.

A Central de Abastecimento deverá funcionar de segunda feira a sábado até às 17h e as feiras livres e os mercados públicos dos distritos de Riacho da Guia e Boa União poderão funcionar aos domingos, até as 14h.

O documento prevê , ainda, a manutenção de uma série de determinações necessárias para organizar a situação do distanciamento social e cumprimento das normas sanitárias em agências bancárias, lotéricas, supermercados, atacados e transporte públicos.

O uso de máscaras segue obrigatório para comerciantes e clientes.

A Fiscalização será exercida de forma ostensiva pela Guarda Civil Municipal, Vigilância Sanitária, SESEP, SEDEA, SMTT e Policia Militar. Qualquer descumprimento às regras editadas pelo Poder Executivo e destinadas ao enfrentamento à COVID-19, sujeitam os infratores a multas e até perda de alvará.