Medeiros

‘Esse é pior momento pra ficar falando em candidatura’, diz Marina sobre 2022

fonte: Bahia.ba

Wilson Dias/Agência Brasil

A ex-senadora Marina Silva afirmou que ainda não é hora de falar sobre as eleições de 2022. A ex-ministra do Meio Ambiente faz parte da coligação formada por políticos, como Ciro Gomes e Fernando Henrique Cardoso, que tentam proteger a democracia.

“Acho que esse é o pior momento pra ficar falando em candidatura. Eu já fui candidata três vezes, continuo dando a minha contribuição, independentemente de ser candidata ou não, tenho trabalhado muito para que se tenha um grupo de lideranças”, disse Marina, em entrevista à Rádio Jovem Pan.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O foco agora, de acordo com a ambientalista, é a frente com partidos da esquerda democrática, direita democrática e centro-esquerda. O objetivo é proteger a autonomia dos Poderes.

“Neste momento, nós temos que agir em legítima defesa do Brasil. Eu quero contribuir para o Brasil independente dessa história de candidatura”, acrescentou Marina.

A ex-senadora também criticou o governo Bolsonaro e as manifestações de autoritarismo. Na avaliação de Marina Silva, as ideias autoritárias, antidemocráticas e preconceituosas são disfarçadas pela ideia da universalização, como se isso fosse bom pra todo mundo.

“A ideia de votar em quem você sonha, acredita, em quem tem um projeto de nação e de país, ficou em segundo plano”, acrescentou.