topbannerapo

Maia reforça que não é hora para pensar em impeachment: ‘Tenho que ter muito cuidado’

Redação

Foto : Michel Jesus/ Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara dos Deputados em Brasília, Rodrigo Maia (DEM), reforçou nesta quarta-feira (10) que este não é o momento de analisar um pedido de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). De acordo com ele, é preciso “ter muito cuidado” com o tema.

Por ele ser o presidente da Casa, cabe a ele aceitar ou não os processos protocolados contra o chefe do Executivo.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

“Não é hora de pensar em impeachment. é preciso união para salvar vidas e empregos. O presidente da Câmara decide pelo sim ou pelo não. Tenho que ter muito cuidado, isenção e equilíbrio”, afirmou o deputado.

A entrevista foi dada na manhã desta quarta, à Rádio gaúcha, antes da abertura da sessão extraordinária do Tribunal de Contas (TCU) que analisa as contas do primeiro ano do governo Bolsonaro.

Maria também defendeu a União dos poderes e afirmou que, caso alguém do governo discorde de alguma decisão de um ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), deve apresentar recurso para que o caso seja analisado pelo plenário.

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, havia declarado que em alguns casos há excesso por parte de ministros da Suprema Corte. “Se Mourão acha que a decisão de algum ministro do STF ultrapassa algum limite, pode recorrer ao plenário para saber qual a decisão de todos os ministros”, concluiu Maia.

X