Risco de cassação da chapa no TSE fez Mourão mudar tom do discurso, diz jornal

fonte: BN

Valter Campanato/Agência Brasil

A mudança de tom utilizado pelo vice-presidente Hamilton Mourão nos úlimos dias faz parte de uma reação do general à possibilidade de avanço de um processo na Justiça Eleitoral para cassar a chapa Bolsonaro-Mourão.

Segundo a colunista Vera Magalhães, do jornal Estado de São Paulo, por causa disso Mourão fez uma guinada “bolsonarista” em um recente artigo para o jornal Estado de São Paulo.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Ele classificou de “delinquentes” manifestantes contra o governo e endureceu o discurso para falar do ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Antes, quando somente a hipótese do impeachment era ventilada, Mourão vinha tentando se mostrar leal a Bolsonaro, mas diferente dele na forma de falar e no tom usado para abordar diferentes assuntos.

Ainda de acordo com a publicação, personalidades políticas de Brasília avaliam que se um processo de afastamento da chapa ganhar corpo, Mourão se unirá a Bolsonaro para defender uma ação coordenada com militares a fim de defender o governo.

X