Governo lança site para devolução do auxílio emergencial por beneficiados de forma indevida

Redação Aratu On

O Ministério da Cidadania disponibilizou, nesta segunda-feira (18/5), um site criado para a devolução do auxílio emergencial, por pessoas que foram beneficiadas de maneira indevida.

Para isso, quem recebeu a quantia de R$ 600 ou R$ 1.200, mesmo sem se enquadrar nas categorias contempladas, deve entrar no portal e informar o número do CPF. O site irá emitir uma guia de recolhimento com um código de barras, que pode ser paga em aplicativos bancários, autoatendimento, além dos guichês de caixa das agências.

O auxílio emergencial é um benefício voltado a trabalhadores sem carteira assinada, autônomos, microempreendedores individuais, desempregados que contribuem com a previdência, cadastrados no Bolsa Família e Cadastro Único, e mães solo. Quem tem carteira assinada, é servidor público ou recebe aposentadoria, não tem direito ao auxílio.

X