Dayane critica Bolsonaro por dar cargos ao centrão: ‘Tapa na cara do cidadão’

fonte: Bahia.ba

Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

A deputada federal Dayane Pimentel criticou a negociação de cargos no governo federal com o centrão. Nesta segunda-feira (18), o presidente Jair Bolsonaro nomeou Garigham Amarante Pinto na Diretoria de Ações Educacionais do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). A indicação foi de Valdemar Costa Neto, presidente do PL.

A também presidente do PSL na Bahia e ex-aliada de Bolsonaro questionou como fica o Brasil depois de passado o comando de um fundo bilionário para “mãos de gente que foi presa”. Costa Neto já foi condenado a sete anos e dez meses de prisão por corrupção passiva no processo do mensalão.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

“Inadmissível! Bolsonaro está brincando com a cara do povo que o elegeu. Sem o menor pudor, põe órgãos e orçamentos bilionários nas mãos de pessoas investigadas e condenadas por corrupção e até das que bradam ‘Lula livre’”, afirmou.

Em nota à imprensa, Dayane disse ainda que Bolsonaro está mostrando sua “verdadeira face” e dando “um tapa na cara do cidadão”.

X