Alagoinhas: Medidas adotadas pela Prefeitura resultam na redução de aglomerações

Foto: Divulgação

Uma intervenção da Prefeitura de Alagoinhas mudou o cenário do grande volume de pessoas nas portas das instituições em busca de atendimento do Auxílio Emergencial. Nas últimas semanas, era comum as aglomerações, mas desde a segunda-feira (04), medidas conjuntas entre a Secretaria de Serviços Públicos (SESEP), de Assistência Social (SEMAS), Superintendência de Transporte e Trânsito (SMTT) e Guarda Municipal resultaram em filas organizadas e significativa redução nas aglomerações.

As ações envolveram o bloqueio das ruas onde ficam localizadas as duas agências da Caixa Econômica Federal de Alagoinhas, a instalação de gradis, banheiros químicos e marcação no asfalto com setas para o posicionamento dos usuários a uma distância de 1,5m.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Como parte da estratégia, equipes da Assistência social foram reforçadas nas agências e lotéricas, para suporte à CAIXA, na triagem de documentos e orientações em relação ao Auxílio Emergencial e outros benefícios, iniciativa que contribuiu para uma maior agilidade do atendimento. A Guarda Municipal também está presente nestes locais para orientar as pessoas sobre a necessidade do devido distanciamento.

A falta de informação e o acesso à tecnologia, alguns dos gargalos que dificultam a chegada do Auxílio Emergencial a milhares de pessoas, especialmente às mais carentes e mais velhas, também foram preocupações da Prefeitura de Alagoinhas. Pensando nisso, as equipes da secretaria foram mobilizadas para um atendimento especial, que realiza cadastramento e tira as dúvidas da população. O atendimento é de segunda à sexta, das 8h às 16h, na sede da secretaria, localizada na Rua Severino Vieira, na unidade descentralizada do CadÚnico do Centro, no Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS) e nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) de Boa União, Riacho da Guia, Nova Brasília e Praça do CEU.

X