“Só conseguiria governar como ele age, em um regime autoritário”, opina Marina Silva sobre Bolsonaro

BNews

Reprodução/ Instagram

Ex-candidata à Presidência da República, Marina Silva (Rede-AC) criticou, nesta quarta-feira (6), o presidente Jair Bolsonaro pela postura que tem adotado diante da pandemia de coronavírus. Para ela, Bolsonaro “só conseguiria governar como ele age, em um regime autoritário”.

Na avaliação da ex-ministra do Meio Ambiente, o presidente passou de todos os limites ao dizer “e daí”, quando foi questionado sobre as mais de cinco mil mortes causadas pela Covid-19 no Brasil, no final de abril. Agora, o país já contabiliza 8.536 óbitos e 125.218 casos confirmados de coronavírus.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

“Ele passou de todos os limites. Uma pessoa que, depois que tivemos a notícia de mais de 5.000 mortes, diz ‘e daí?’, como presidente da República, é a coisa mais afrontosa que já vi na minha vida”, destacou Marina ao Uol Entrevista.

Para ela, Bolsonaro está indo para “o tudo ou nada”, pois as atitudes do presidente demonstram que “ele não tem competência técnica, compromisso ético para governar uma democracia”.

X