Lima Duarte desabafa após morte de Flávio Migliaccio: “Eu te entendo”

fonte: Metrópoles

O ator Lima Duarte, de 90 anos, gravou um vídeo com um desabafo emocionante em homenagem ao amigo e colega de trabalho Flávio Migliaccio, morto na última segunda-feira (04/05).

Na gravação, o ator veterano fala sobre a carreira na dramaturgia e sobre a morte de Migliaccio, apontada como suicídio. “Eu te entendo, Migliaccio, porque eu, como você, sou do Teatro de Arena, com Paulo José, Chico de Assis, com o (Gianfrancesco) Guarnieri. Foi lá que aprendemos com o (Augusto) Boal que era preciso, era urgente que se pusesse o brasileiro em cena”, diz.

Lima Duarte também lembra de momentos difíceis enfrentados pelos artistas durante a ditadura militar e afirma: “Agora, quando sentimos o hálito putrefato de 64, o bafio terrível de 68, agora, 56 anos depois, quando eles promovem a devastação dos velhos, não podemos mais. Eu não tive a coragem que você teve”, desabafa.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Na gravação, de quase cinco minutos, o ator finaliza. “Os que lavam as mãos, o fazem numa bacia de sangue. Eu já li, muitas vezes, que as pessoas que não querem assumir nenhuma culpa acabam lavando as mãos em bacias de sangue. E esse sangue, depois bem que se vê nas mãos!”, diz.

X