Heloísa Périssé fala de novo trabalho e sobre a vida após câncer

BNews

Foto: Divulgação

Heloísa Périssé venceu uma batalha contra o câncer. Recuperada, está com novos projetos. “A cada dia que passa eu quero viver mais o hoje. O que está ao meu alcance é isso. Tirei da minha vida o discurso ‘Ah, o que é mais importante?’. Importa focar no agora”, reafirma ela, que está no seriado “A vila”, no Multishow, que estreia nesta quarta (29)

“Quando a gente fez essa série, por exemplo, era para se divertir. Gargalhada é mais contagiante do que vírus. Quando você começa a rir, todo mundo embarca…”, brincou.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Cuidadosa com a alimentação para fortalecer a imunidade durante a pandemia, Heloísa , de 53 anos, relembra o tratamento de um câncer nas glândulas salivares:

“O que passei foi guerra nuclear, pesado. Foram cinco sessões de quimioterapia e 33 de radioterapia, tudo junto. Agora estou num período de monitoramento. No meu último exame, em outubro, os glóbulos brancos ainda não tinham atingido um mínimo. Mesmo assim, perguntei ao meu médico e ele me disse que não sou grupo de risco”, afirmou.

Apoiadora do Movimento #342Artes, Heloísa tem se articulado artisticamente durante o isolamento e conta que firmou novas parcerias de trabalho além de projetos já revelados como a releitura de “Cócegas”, com Ingrid Guimarães, em 2021.

X