Janaína Paschoal pede que Bolsonaro renuncie e ceda cargo a Mourão

Bahia Notícias

Foto : Moreira Mariz / Agência Senado

Conhecida nacionalmente após ser uma das autoras do pedido de impeachment contra a ex-presidente Dilma Rousseff (PT), a deputada estadual por São Paulo, Janaina Paschoal, ex-aliada do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), pediu neste sábado (25), pelo Twitter, que ele renunciasse ao cargo para dar lugar ao vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB).

“Não há tempo para um processo de impeachment moroso e desgastante. Eu tenho experiência para falar. Bolsonaro precisa, ao menos uma vez, colocar o Brasil acima, retirando-se. Temos um vírus a combater, temos empregos a resgatar, precisamos de alguma estabilidade!”, escreveu.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Ela ainda afirmou que “o país não precisa de Bolsonaro”. “Bolsonaro tem feito muito mal ao Brasil. O país precisa desses pilares. General Mourão foi eleito democraticamente! Ninguém pode acusá-lo de ser de esquerda”, acrescentou.

Os pilares aos quais ela se refere, em sua própria opinião, são “os compromissos com a luta contra a corrupção e com uma política econômica liberal”, que teriam sido personalizados no ministro Paulo Guedes e no agora ex-ministro Sergio Moro. “Já durante a campanha, o compromisso com uma política econômica liberal foi personalizado no Ministro Paulo Guedes. Após a eleição, o compromisso com a luta contra a corrupção foi personalizado no Ministro Sérgio Moro”, opinou.

X