‘Não queremos outros conseguindo máscaras’, diz Trump sobre equipamentos contra o coronavírus

Metro1

Reprodução / TV Globo

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse ontem (4) que precisa de máscaras de proteção contra o coronavírus e que não quer “outros conseguindo” os equipamentos.

“Precisamos das máscaras. Não queremos outros conseguindo máscaras. É por isso que estamos acionando várias vezes o Ato de Produção de Defesa. Você pode até chamar de retaliação porque é isso mesmo. É uma retaliação. Se as empresas não derem o que precisamos para o nosso povo, nós seremos muito duros”, disse o presidente.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O Ato de Produção de Defesa passou a vigorar nos EUA em 20 de março, em resposta à pandemia. Instituída nos anos 1950, em meio à Guerra da Coreia, a lei permite o direcionamento da produção das empresas privadas.

Trump afirmou ainda que esta semana e a próxima provavelmente serão as mais difíceis na luta contra a doença e que ‘haverá muita morte’.

O número de vítimas chegou ontem a 8.500, segundo os dados da Universidade Johns Hopkins. A instituição informou ainda que, em todo o país, são mais de 312 mil infecções por coronavírus. Neste sábado, foram 1.344 novas mortes, maior número em um dia.

X