Em razão do coronavírus, Ronaldinho Gaúcho não poderá receber visitas

Foto: Reprodução / Globoesporte

Em razão do contágio do coronavírus no Paraguai, Ronaldinho Gaúcho e seu irmão, Roberto de Assis, não poderão mais receber visitas, a não ser dos seus advogados. A proibição de entrada de visitantes é uma das medidas de prevenção adotadas pela Agrupación Especializada, prisão onde Ronaldinho está detido desde o dia 6 de março, por uso de documentos adulterados no país.

A nova medida, que segue as recomendações do Ministério da Saúde Pública e Bem Estar Social, também obriga que todos os funcionários da carceragem usem máscaras de proteção e luvas, além de álcool em gel para higienização das mãos, segundo o Globo Esporte.

A administração da Agrupación Especializada também determinou um controle diário do estado de saúde de todos os presos, entre outras medidas preventivas, como a higienização de qualquer pessoa e veículo que entre no local.

X