Governo do Estado regulamenta convocação de PMs da reserva durante crise do coronavírus

Bnews

Foto: reprodução
Um decreto assinado pelo governador Rui Costa (PT), e publicado na edição deste sábado (21) do Diário Oficial, regulamenta a convocação de policiais militares da reserva remunerada durante a pandemia do novo coronavírus.

O militar convocado permanece na condição de inativo e terá direito à indenização a ser paga mensalmente durante o período da convocação, para Coordenação Administrativa e demais funções.

O decreto entra em vigor a partir de sua publicação e também determina que o Comandante-Geral das respectivas Corporações Militares Estaduais ficará responsável por estabelecer as funções a serem exercidas pelos convocados – bem como as unidades em que serão alocados e as regras quanto ao uso do uniforme e de equipamentos.

Durante reunião por videoconferência com prefeitos do interior na última quarta-feira (18), o governador anunciou que convocaria policiais aposentados para trabalhar nos bloqueios das estradas em Salvador, Feira de Santana, Porto Seguro e Prado – cidades que até então já tinham registro de casos do covid-19.

X