Para Maia, governo ‘já deveria’ ter fechado fronteiras e reduzido voos internacionais

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Em entrevista nesta terça-feira (17) o presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM), ao comentar a situação brasileira em relação à pandemia do coronavírus, cobrou do governo o fechamento das fronteiras e a redução de voos internacionais, além de restringir a circulação de pessoas no Rio de janeiro e em São Paulos, estados com maior números de casos do coronavírus registrados até o momento. De acordo com Maia, são atitudes que “já deveriam” ter sidos tomadas pelo governo federal.

Maia acrescentou ainda que não é interessante ao país ter um risco na saúde pública em função da questão econômica. “A economia vai ser afetada de qualquer jeito. Na hora que os problemas começarem a aumentar, as pessoas vão ficar em casa. O que não pode deixar, no caso do Rio, que tem muitas comunidades, é pessoas que moram em local muito pequeno, não se consegue isolar as pessoas. A arrecadação federal, dos estados e dos municípios vai cair”, disse.

X