Emílio fala das mudanças no Atlético de Alagoinhas após chegada de Lira e mira Bahia

fonte: BN

Foto: Luciana Flores / Divulgação
Após empolgar a torcida ao investir no elenco, o Atlético de Alagoinhas passou por um momento de turbulência ao colecionar alguns resultados negativos. O time amargou a eliminação na Copa do Brasil e deixou o G-4. No entanto, a diretoria trouxe o técnico Arnaldo Lira, que comandou a equipe na boa campanha no Baianão do ano passado levando à terceira colocação na classificação final.

Com seu novo e antigo treinador o Carcará voltou a vencer e figura novamente no G-4. O zagueiro Emílio comentou a chegada de Lira.

“Toda mudança é um pouco complicada para se adaptar, para aqueles que nunca trabalharam com ele, como foi o meu caso. Eu nunca tinha trabalhado com o professor Lira, então até você se adaptar ao trabalho tem um tempo. Fiquei de fora contra o Bahia de Feira, mas já nesse jogo contra a Juazeirense eu pude jogar com o comando dele”, afirmou em entrevista ao site Bahia Notícias.

“Foi uma semana difícil para a gente, porque depois das duas derrotas dentro de casa teve troca de comando, teve jogador sendo mandado embora e precisávamos voltar a vencer para que isso mudasse, quem ficou trabalhou forte e não abaixou a cabeça. Sabíamos que precisávamos ganhar para voltar ao G-4, já que não estávamos tão distantes. O que foi predominante foi essa vontade de voltar ao G-4, a necessidade de voltar ao G-4. Tínhamos um jogo muito importante dentro de casa contra a Juazeirense e fizemos valer o mando de campo. Foi a força de vontade do grupo de quem ficou para poder buscar o G-4 outra vez. Contra a Juazeirense conseguimos assimilar alguma coisa, mas ainda não estamos encaixados”, continuou.

O Carcará ganhou uma folga no calendário e neste final de semana não entrou em campo. O próximo compromisso será no dia 22 de março, às 16h, no Carneirão, justamente diante do líder Bahia, pela oitava rodada. Para Emílio, as duas semanas de folga estão sendo úteis para Lira preparar o time.

“Precisamos desses dias de treinamento para nos impor contra o Bahia dentro de casa e buscar mais uma vitória. Respeitamos o nosso adversário, mas sabemos que com uma vitória estaremos muito perto da classificação”, falou.

X