Para conter coronavírus, Trump suspende viagens da Europa para os EUA por 30 dias

Metro1

Foto: reprodução

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou que vai suspender por 30 dias, a partir de amanhã (13), todas as viagens da Europa (com exceção do Reino Unido) que tenham os EUA como destino. A decisão busca restringir o espalhamento do novo coronavírus.

Na noite de ontem (11), em discurso, Trump afirmou que são medidas duras, porém necessárias para evitar o surgimento de novos focos do que ele chamou de “infecção horrível” no país. Ele disse que a Europa falhou em restringir as viagens da China.

“Com medidas rápidas nós tivemos números de casos do vírus dramaticamente menores nos EUA do que há hoje na Europa. A União Europeia falhou em tomar as mesmas medidas de restrição de viagens vindas da China e outros hotspots. Como resultado, um número grande de novos clusters nos EUA foram resultado de viajantes da Europa”, declarou.

A proibição não atinge cidadãos americanos e seus familiares imediatos, nem os que tiverem residência permanente nos EUA. ​

Segundo Trump, as medidas podem ser reavaliadas no futuro. Ele ainda reforçou a necessidade de a população manter os hábitos de higiene.

“Se nós formos vigilantes, podemos reduzir a chance de infecção, o que faremos. Nós vamos reduzir significativamente a transmissão do vírus. O vírus não terá chance contra nós”, disse o presidente.

X