Padre que deu comunhão a mais de 500 fiéis é diagnosticado com coronavírus

Redação

Reprodução/Twitter

Um padre que deu a comunhão a mais de 500 fiéis foi diagnosticado com coronavírus, na cidade de Washington, capital dos Estados Unidos.

Segundo informações do jornal The Sun, o padre enviou um e-mail para a paróquia, no último sábado (7), contando que está com covid-19. “Agora posso confirmar que sou o indivíduo que deu positivo para o coronavírus [em Washington, DC]”, revelou o padre.

Por precaução, a igreja cancelou todas as atividades. A prefeita de Washington, Muriel Bowser, recomendou que as pessoas que frequentaram a igreja no dia 24 de fevereiro ou entre 28 de fevereiro e 3 de março devem ficar em isolamento por duas semanas.

X