‘Temos 15 semanas para aprovar reformas porque o governo perdeu um ano inteiro’, diz Rodrigo Maia

Metro1

Foto: ABr

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou hoje (6) que o curto tempo restante para aprovadas as reformas necessárias para o país é culpa do ministro da Economia, Paulo Guedes, e do governo de Jair Bolsonaro.

“Temos 15 semanas agora porque eles (governo) perderam um ano inteiro. Perderam um ano na PEC Emergencial”, criticou ele, em evento na Fundação FHC, de acordo com a coluna de Guilherme Amado, na Época.

O parlamentar ainda disse ter ouvido de empresários que investidores europeus estão desmotivados a viajar ao Brasil devido à sustentabilidade. “Há um mal humor por parte dos investidores por causa deste tema”, afirmou. Maia estará em Bruxelas, capital da Bélgica, na próxima semana, a convite do Parlamento Europeu. Em encontro, um dos temas tratados será a questão do meio ambiente.

X