Morre ex-treinador Valdir Espinosa aos 72 anos

Redação

Foto: Vitor Silva/Botafogo

Morreu nesta quinta-feira (27) o ex-treinador Valdir Espinosa, aos 72 anos de idade. Submetido a uma cirurgia na região do abdômen no dia 17, ele foi internado novamente no dia 20 e não se recuperou, segundo o Globoesporte.com.

Espinosa ocupava o cargo de gerente de futebol do Botafogo, clube pelo qual conquistou o Campeonato Carioca de 1989.

Ele comandou o Grêmio campeão da Libertadores e do Mundial. Na época, o time contava com jogadores como Renato Gaúcho, De León, Paulo César Caju e Mário Sérgio.

Em 1989, o treinador aceitou o convite do Botafogo, que não conquistava o Campeonato Carioca havia 20 anos. Com um gol de Maurício na final contra o Flamengo, o time celebrou o título invicto da competição e criou mais um momento histórico para a carreira do treinador.

Ele trabalhou ainda no Cerro Porteño, do Paraguai, no Al-Hilal, da Arábia Saudita, e no Tokyo Verdy, do Japão. Também teve uma rápida passagem pelo Las Vegas City.

X