topbannerapo

Bahia registra 21 casos de trabalho escravo em 2019; nove eram venezuelanos

Redação

Foto: SRTE – BA

Um estudo divulgado nessa sexta-feira (24/1) pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) revelou que 21 pessoas foram resgatados de situações análogas às de escravos em 2019 no estado da Bahia. Desse total, nove são venezuelanos.

De acordo com o órgão, a Bahia é o quinto estado com maior número de trabalhadores retirados dessa situação desde 2003. A cadeia produtiva do cacau, na região Sul, apresentou os maiores índices de 2019.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Em 2019, seis ações fiscais terminaram com a configuração de situação de trabalho escravo, sendo cinco na zona rural e um na zona urbana. No ano, foram realizadas 45 operações de resgate em todo o Brasil.

Nesse período, foram registrados 3.270 casos. Em outubro do ano passado, o Governo Federal publicou a relação dos empregadores envolvidos com esquema mão de obra escrava, a chamada lista suja do trabalho escravo. Foram incluídos na lista mais 14 empregadores baianos.

X