Dez assaltos marcam o fim de semana em Alagoinhas

Redação com Luciano Reis Notícias

Estabelecimento comercial e transeuntes foram alvo de criminosos durante o final de semana no município de Alagoinhas. De acordo com o balanço de ocorrências divulgado pela Polícia Civil, foram registrados dez assaltos durante o período. Confira abaixo os casos:

Uma loja de perfumes e cosméticos, na manhã de sexta-feira (29/11), foi invadida por um criminoso armado. A ocorrência foi registrada por volta das 8h30 na Praça J.J Seabra, no centro de Alagoinhas. Após anunciar o assalto, o bandido fugiu levando perfumes e uma necessaire. A proprietária calculou um prejuízo de R$ 1.047.

Na Rua Conselheiro Junqueira, no bairro Rua do Catu, uma adolescente estava sentada na porta de casa, na noite de sexta-feira (29/11), quando foi roubada. Uma dupla de criminosos anunciou o assalto por volta das 22h10, e fugiu em seguida levando o aparelho celular da jovem.

Um adolescente foi assaltado por volta das 19h50, de sexta-feira (29/11), na 1ª Travessa da Avenida Ayrton Senna, no bairro Alagoinhas Velha. Ladrões fugiram levando uma motocicleta Honda de cor branca Sport, de placa JRA-0255, de propriedade do pai dele.

Na Rua Arthur Pereira de Oliveira, no bairro Silva Jardim, um homem foi assaltado às 23h, de sexta-feira (29/11). A vítima teve o celular levado durante a ação criminosa.

No domingo (1/12), um homem saía do trabalho, e quando andava pelo 21 de abril, foi assaltado. Ele teve o celular roubado. O caso aconteceu por volta das 8h.

Uma mulher na noite de sábado (30/11), andava pela Praça J.J Seabra, foi roubada. O assalto ocorreu por volta das 22h40. Ela teve o celular tomado pelos assaltantes.

Duas mulheres foram assaltadas em um ponto de ônibus em frente ao Laguna Shopping, na Rua Dantas Bião, na manhã de sábado (30/11). O primeiro caso, ocorreu por volta das 5h25. A vítima teve a mochila puxada a força pelos ladrões com os pertences no interior. O segundo assalto, aconteceu por volta das 8h20. Um homem que aparentava 40 anos, acompanhado de um rapaz que aparentava 20, renderam a vitima e anunciaram o assalto. Com um revólver apontado na cabeça, a mulher foi obrigada a entregar a dupla, a bolsa com documentos, um cartão conta salário da Caixa Econômica Federal e uma quantia em espécie de R$ 1.500.

Uma manicure foi vítima de um assalto na Urbis 3 no bairro Rua do Catu. Ela contou à polícia, que por volta das 18h50 de sábado (30/11), estava sentada na varanda da casa de uma cliente batendo um papo no WhatsApp, quando chegaram dois homens em uma moto CG de cor preta. O carona da moto foi em sua direção, apontou um revólver e anunciou o assalto. A dupla fugiu levando da mulher o celular e uma quantia de R$ 500.

No 21 de abril, uma mulher na manhã de domingo (1/12), atendia uma ligação, quando foi assaltada. Ela teve o celular tomado durante o roubo. O fato ocorreu por volta das 9h50. Todos os casos foram registrados na Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR/Alagoinhas).