Após reunião com Bolsonaro, herdeiro de Carlos Slim anuncia intenção de investir R$ 30 bi no país

Metro1

Foto: Carolina Antunes/PR

O empresário Carlos Slim Domit, filho do proprietário da América Movil e um dos empresários mais ricos do mundo, Carlos Slim, se reuniu com o presidente Jair Bolsonaro e anunciou um plano de investir no Brasil o equivalente a R$ 30 bilhões nos próximos três anos.

O valor será destinado essencialmente à infraestrutura de serviços oferecidos pela controladas Claro, NET e Embratel. O mexicano Carlos Slim é dono da América Móvil, que controla a operadora de telefonia. Ao todo, investimento feito pelo herdeiro dele será repassado entre 2020 e 2022.

“É um compromisso de investimento, particularmente para ampliar as capacidades que temos de infraestrutura para o desenvolvimento de novos serviços, tanto os serviços tradicionais de telecomunicações quanto o que virá de novo em datacenter, o desenvolvimento de nuvens, continuar crescendo com os diferentes serviços que temos”, afirmou Slim.

Segundo o governo, o investimento tem como objetivo melhorar a prestação de serviços de banda larga, 4G e 4,5G. Além disso, o grupo empresarial de Slim prevê novos aportes a partir da aprovação da compra da Nextel, que está sendo avaliada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). O negócio soma R$ 3,5 bilhões.