‘Encontramos coisas chocantes’, diz promotora sobre operação contra pedofilia

fonte: BN

Foto: Rodrigo Daniel Silva / Bahia Notícias

A promotora de Justiça do Ministério Público da Bahia (MP-BA), Ana Emanuela Cordeiro Rossi Meira, disse que a operação contra o crime de pedofilia na Bahia, deflagrada nesta quinta-feira (31)

, encontrou “coisas chocantes para toda a sociedade”. “Esse tipo de combate é importantíssimo para a paz social”, disse, em coletiva na sede do MP-BA, no bairro de Nazaré, em Salvador.

Foram feitas 11 prisões em flagrante, sendo cinco em Salvador e seis no interior. Na operação, denominada de Dirty Web, vários vídeos e fotografias pornográficas foram apreendidos. A investigação surgiu após uma denúncia em Itamaraju. Os criminosos usam aplicativos como WhatsApp para trocar mensagens. “Existe um farto arcabouço probatório”, disse Ana Meira.

Os mandados foram cumpridos nas cidades de Salvador, Alagoinhas, Aratuípe, Baianópolis, Cruz das Almas, Feira de Santana e Simões Filho.

Na capital baiana, a força-tarefa esteve nos bairros de Castelo Branco, Cidade Nova, Vila Laura, Plataforma, Tororó, Santa Cruz, Itapuã, Paralela e São Marcos.