Bahia joga mal, perde para o Santos e chega à terceira derrota consecutiva

Do Galáticos Online

Foto: Ivan Storti / Santos

Em queda de rendimento na Série A, o Bahia chegou à terceira derrota consecutiva. Nesta quinta-feira (31), o Tricolor voltou a jogar mal e foi derrotado por 1 a 0 pelo Santos, na Vila Belmiro.

Carlos Sánchez, de pênalti, marcou o gol da partida. O jogo ainda teve dois gols anulados pelo VAR, de Sasha e Juninho, por impedimento.

Com o revés, o time baiano estacionou nos 42 pontos e ficou três do G-6. O Esquadrão volta a campo domingo (3), novamente fora de casa, diante do Cruzeiro, no Mineirão.

PRIMEIRO-TEMPO

O Bahia teve a primeira boa chance do jogo. Gilberto recebeu lançamento na área, chutou cruzado e parou na boa defesa de Everson.

Aos 11 minutos, o Santos respondeu. Soteldo dominou bola na área, driblou um marcador e chutou forte. Douglas fez grande defesa.

Seis minutos depois, o Peixe balançou a rede. Marinho cobrou escanteio, Juninho furou e Gustavo Henrique tentou completar. Douglas rebateu e Sasha mandou no gol. Mas, minutos depois, o VAR flagrou impedimento do atacante e anulou.

O Alvinegro chegou com perigo novamente aos 35 minutos. Jorge tentou por cobertura e Douglas, adiantado, conseguiu voltar e espalmar. No rebote, Sasha, sozinho, chutou na rede pelo lado de fora.

Aos 40, Sánchez eu o último susto em Douglas. O meia cobrou falta com força e tirou tinta do travessão.

SEGUNDO-TEMPO

O time baiano voltou para o segundo tempo com uma mudança. Ronaldo entrou na vaga de Gregore.

Logo os seis minutos, Juninho errou saída e a bola sobrou de graça para Marinho. O atacante invadiu a área em velocidade e foi derrubado pelo próprio zagueiro. O árbitro marcou o pênalti e Carlos Sánchez, na cobrança, descolocou Douglas para abrir o placar.

Logo em seguida, Roger Machado fez a segunda alteração na equipe. Ele tirou João Pedro e colocou Marco Antônio.

Aos 19, o Santos quase aumentou. Sasha recebeu passe na área e chutou duas vezes na zaga. Na sobra, Sánchez foi até a linha de fundo e cruzou para trás. Evandro chegou chutando livre, mas isolou.

Três minutos depois, o treinador tricolor tentou a última cartada. Roger sacou Élber para a entrada de Rogério.

E aos 36 minutos, o Esquadrão chegou ao gol. Após cobrança de falta na área, Moisés desviou de cabeça para o meio da área e Juninho pegou e primeira para estufar a rede. Mas, o VAR mais uma vez atuou e apontou impedimento do lateral-esquerdo para anular o gol de empate.

Santos 1 x 0 Bahia
Brasileirão Série A – 29ª rodada

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 31/10/2019
Horário: 19h15
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (FIFA/RJ). Auxiliares: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (FIFA/RJ) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ). VAR: Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ). AVAR: João Batista de Arruda (RJ) e Daniel do Espirito Santo Parro (RJ)
Cartões amarelos: Marinho, Pará, Alison, Jean Mota, Lucas Veríssimo (SAN); Gregore, João Pedro, Ronaldo (BAH)
Gols: Carlos Sánchez (SAN)

Santos
Everson; Pará, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Jorge; Alison, Carlos Sánchez e Evandro; Soteldo, Marinho (Tailson) e Eduardo Sasha (Jean Mota). Técnico: Jorge Sampaoli.

Bahia
Douglas; Nino, Lucas Fonseca, Juninho e Moisés; Gregore (Ronaldo), Flávio e João Pedro (Marco Antônio); Artur, Élber (Rogério) e Gilberto. Técnico: Roger Machado.