Banner Outubro Prefeitura

Deltan será retirado do comando da operação Lava-Jato, afirma colunista

Fernando Frazão/Agência Brasil

Deltan Dallagnol será retirado do comando da Operação Lava-Jato. O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) aceitou fazer o serviço encomendado por uma ala de senadores e ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). As informações são do Radar, da revista Veja.

Pelo plano, deflagrado com a apresentação de representação pela senadora Kátia Abreu, Deltan será punido, mas não ficará abandonado, segundo informações do blog.

O procurador-geral da República Augusto Aras estuda convidá-lo a chefiar uma força-tarefa de combate ao narcotráfico, distante de Curitiba.

A ideia inicial era tentar levar Deltan para Brasília, onde ele atuaria na própria PGR. Contudo os defensores dessa saída foram logo convencidos pelos adversários de Dallagnol de que sua presença causaria problemas com o STF.